Atualizando o vRealize Automation 8.x – Parte 2

Atualizando o vRealize Automation 8.x – Parte 2

Olá pessoal. Hoje vou detalhar o processo de atualização do vRealize Automation da versão 8.3 para a 8.4. Para quem já trabalhou com as versões 6.x e 7.x tenho uma excelente noticia: nunca foi tão fácil atualizar o vRA como agora.

Para não ficar muito extenso, dividi o artigo em 3 partes:

Parte 1 – Atualização do vRealize Suite Lifecycle Manager
Parte 2 – Atualização do VMware Identity Manager (você está aqui)
Parte 3 – Atualização do vRealize Automation

Vamos começar baixando o arquivo de atualização do vIDM para o vRLCM (identity-manager-3.3.4.0-17498518-updaterepo-lcm.tar.gz). Importante: enquanto você baixa a ISO, aproveite para fazer um snapshot da VM do vIDM.

Depois de baixar vamos copiar o arquivo para o diretório data do vRLCM. Eu utilizei o comando scp arquivo.tar.gz root@SERVIDOR_vRLCM:/data/. Mas fique a vontade para fazer do seu jeito.

Agora vamos adicionar o binário que você copiou para a pasta data. No vRLCM navegue até Settings > Binary Mapping > Product Binaries > Add Binaries > Local > em base location digite /data e clique em discover. Selecione o arquivo encontrado e clique em add.

No vRLCM vá até Environments e em globalenvironment clique em view details. Basta clicar em upgrade, marcar o checkbox do snapshot e sincronizar o inventário para poder continuar.

Até agora estava tudo lindo, mas nem tudo são flores, meus amigos. Quem já trabalhou com as versões anteriores do vIDM sabe que existem algumas particularidades. Eu estava recebendo alguns erros no momento de sincronizar o inventário, então fui validar os usuários root e sshuser do vIDM e ambos estavam expirados. Bastou alterar a senha, reiniciar o serviço de SSH (/etc/init.d/sshd restart), fazer uma sincronização manual do inventário, apontar a nova senha para o vIDM e depois iniciar o processo de atualização novamente.

Opcional: por padrão as senhas do root e sshuser expiram em 60 dias, mas caso quiser alterar basta conectar no vIDM via console ou SSH e executar o comando cat /etc/shadow para verificar os comandos passwd -x 999 root e passwd -x 999 sshuser para definir a quantidade de dias para a expiração. No lab ficou 999, no seu ambiente é você quem decide.

Agoraaaaaaaa sim. Sem falhas na sincronização do inventário podemos seguir.

Execute o precheck para garantir que tudo está OK.

No meu caso foi exibido apenas um alerta e está relacionado com a configuração de hardware da VM do vIDM. Como é laboratório eu reduzi um pouco para economizar recursos computacionais.

Neste caso basta clicar em accept e seguir a vida. Importante: se esta mensagem aparecer em um ambiente produtivo, não siga sem validar a configuração recomendada de hardware.

Tudo validado. Agora é só correr para o abraço!

Na traaaave. Depois de 55 minutos recebo este erro. Validei os logs em /opt/vmware/horizon/vrslcm_vidm_upgrade.log e percebi que aparentemente a atualização foi bem sucedida, porém, a VM do vIDM perdeu as configurações de rede e por isso o vRLCM não consegue fazer as validações necessárias. 

Adicionei as informações de rede novamente no vIDM utilizando o vami_config_net.

Validei que o vIDM estava respondendo ping e reiniciei a VM conforme indicado no log de atualização. Antes de clicar em retry no processo de atualização no vRLCM garanta que tudo está OK com o vIDM.

Como o esperado, após clicar em retry, o vRLCM deu continuidade e concluiu com sucesso a atualização do vIDM para a versão 3.3.4.

No próxima e última parte, vamos atualizar o vRA. Até mais!

Ricardo Conzatti é especialista em TI e apaixonado por Virtualização. É graduado em Sistemas de Informação, pós-graduado em Gestão de TI e acredita muito na teoria da pirâmide de aprendizagem de William Glasser. Ricardo também é blogger, palestrante, podcaster e muito envolvido com comunidades técnicas. Ex-líder do VMUG Paraná e ex-host do vBrownBag Brasil, além de ser VMware vExpert & vExpert PRO. Possui várias certificações técnicas VMware e Microsoft. Você com certeza irá encontra-lo no twitter @RicardoConzatti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *